Início > Liturgia > XXXII Domingo Comum B 2012

XXXII Domingo Comum B 2012

Também nós aguardamos o dia em que, vestidos de túnicas brancas, poderemos subir à montanha do Senhor para O contemplarmos e adorarmos, em caridade, na Sua presença. O Salmo que vai ser cantado apresenta-nos alguns dos requisitos indispensáveis para virmos a ser mais do que filhos do Deus três vezes Santo, como deixa antever a soberba teologia de S. João. Só há um caminho: o das Bem-aventuranças.

Jesus fica sensibilizado com a atitude de uma viúva que, tal como aquela que na primeira leitura sacia a fome de Elias, dá tudo o que tem. A sua atitude revela um coração agradecido e confiante no amor e na providência de Deus. A vocação é isto mesmo: uma questão de confiança e amor.

É a essa mesma atitude de desprendimento e gratuidade que o Senhor chama os jovens: a darem tudo aquilo que são, mesmo que lhes pareça pouco ou insuficiente – é sempre o bastante para que Deus sacie a fome de viver de tantas pessoas do nosso tempo.

Na segunda leitura, olhamos para um Cristo que Se entregou sem reservas à vontade do Pai, por amor à humanidade. Deus continua a chamar para que, sem reservas nem condições, entreguemos a vida, de forma a poder “dar a salvação àqueles que O esperam”.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s