Início > Liturgia > A FÉ SEM OBRAS É MORTA

A FÉ SEM OBRAS É MORTA

E vós, quem dizeis que Eu sou? Jesus dirige a pergunta a todos e cada um de nós. Antes de a colocar aos discípulos, suscitando a confissão de fé de Pedro, o Senhor fez-lhes uma outra pergunta: Quem dizem os homens que Eu sou? Num tempo em que a figura de Jesus é rodeada de um interesse que, não raro, degenera numa controvérsia que tantas vezes serve apenas para nos confundir, levemos estas questões para casa e façamos delas tema da nossa reflexão semanal.

Uma pista para a nossa meditação pessoal pode ser esta: a identidade de Cristo passa pelas palavras que Ele proferiu a seguir, anunciando a Sua Paixão e Morte. Por ser um paradoxo, a nós – como aliás a Pedro – custa-nos a entrar na cabeça.

Talvez nos fosse mais cómoda outra verdade.

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s