Início > Editorial > REPENSAR A PASTORAL: DESAFIO e URGÊNCIA

REPENSAR A PASTORAL: DESAFIO e URGÊNCIA

O nosso Bispo promoveu as Jornadas de Formação Permanente do Clero com esta interpelação: “Sermos Igreja: que Igreja?”. Para o secundar trouxe dois Bispos a depor: um, o mais novo de todos os Bispos, D. António Couto, que toma posse da Diocese de Lamego, neste Domingo, e que falou da “Dimensão Bíblica da acção profética da Igreja”; trouxe um Bispo com 83 anos, D. Fernando Sebastián, espanhol, cheio de genica que nos falou energicamente da “Nova Evangelização” perante um mundo que não quer Deus para nada, exaltando uma liberdade absoluta, mas que entretanto está a sentir que precisa mesmo de Deus, para se não destruir e reerguer-se na sua dignidade. Por isso o mundo precisa de uma sacudidela, dum abanão… É o que está a acontecer com a crise. Esta crise é a oportunidade para a mudança, a conversão, mudando o estilo de vida que Jesus anunciou pela sua vida e pela sua profecia. Nisto insistiram os três oradores atrás referidos.

O nosso Bispo, D. José Policarpo, quer a Igreja Diocesana mais unida e mais empenhada, no testemunho de Cristo e no anúncio do Seu Evangelho. Motiva a Igreja Diocesana para uma nova evangelização. Apetece-me perguntar: quem de vós quer evangelizar ?  Porque o que eu verifico é que são mesmo poucos os que querem. A grande maioria de vós praticantes, o que quereis é ter a Missa e pronto! E pensais: eu tenho cá a minha vida e não tenho tempo para mais nada. Esta é exatamente a visão individualista da Fé cristã denunciada pelo nosso Bispo nesta sua comunicação.

Reparem no que temos feito pela evangelização:

* O Congresso Eucarístico que realizámos há 7 anos sobre “Eucaristia, fonte de vida para o mundo”, por uma cidadania Eucarística, porque se sentia necessária uma nova evangelização e a redescoberta da presença sacramental de Jesus Cristo na vida e na Eucaristia;

* a Visitação da Imagem Peregrina de Fátima, há 6 anos, em que Maria nos veio chamar à Fé para nos levar ao Seu Filho Jesus e Ele depois de nos instruir, dizendo-nos Faz-te ao largo! enviando-nos em missão a construir a civilização do amor, da justiça e da paz;

* a Visitação da Palavra Peregrina há 3 anos, em Dezembro de 2009, em que a “PALAVRA DE DEUS” percorrendo os caminhos das nossas terras, nos veio chamar ao conhecimento d’Aquele que é o Caminho, a Verdade e a Vida;

* a Escola Paroquial que desde há 5 anos nos vem instruindo na Palavra de Deus. Exemplifica o que o nosso Bispo diz: “A Igreja deve escutar continuamente a Palavra que anuncia e mostrar, pelo testemunho da santidade, que a Palavra, quando é escutada, transforma. O testemunho de uma vida transformada é essencial à evangelização”.

O Papa Bento XVI deu-nos três grandes Catequeses, em três encíclicas sobre a Fé, a Esperança e a Caridade. Chamam-se elas: Deus é Amor – Salvos na Esperança – Verdade na Caridade.

A Igreja em Portugal está “A repensar juntos a Pastoral”.

O mundo hoje é outro muito diferente daquele em que nós mais velhos nascemos. Por isso, a Igreja que somos, tem de encontrar renovadas formas de evangelizar. Não pode ser da mesma maneira. Temos de nos assumirmos como Igreja missionária e evangelizadora e não como uma Igreja instalada, conservadora e prestadora de serviços. Temos de tornar visível o testemunho cristão no mundo e não apenas dentro das paredes das igrejas.

Nós, cristãos, vivemos (todos) para evangelizar, cada um a seu modo, em comunhão eclesial. Cada um de nós deve sempre perguntar: o que fazia Jesus? Como ? Ele pede-nos conversão: “Convertei-vos e acreditai no Evangelho!”

É a família que prioritariamente, como Igreja Doméstica, que tem de ser o lugar privilegiado da evangelização. Temos de ver melhor como se preparar para o casamento, a educação de pais e filhos, de catequese familiar, etc…

Repensar a pastoral é um desafio e uma urgência.

P. Batalha

Anúncios
  1. Fevereiro 1, 2012 às 18:26

    Amados irmãos partinde, na direcção certa.A Igreja com í dos pequenos.

    somos todos irmãos. sem irmandade perdemos as nossas origens.

    nada esta fora de moda ,JESUS ESTA VIVO DENTRO DE CADA UM DE NOS.

    Cada cristão tem de sair, da vaidade, e não ter medo nem vergonha de falar, de JESUS ELE TE MOSTRA O CAMINHO PARA TUA PARTIDA. Ao ser cristão já esta fora de moda. vejo muita gente que ate faz pouco de nos. A igreja tem ou não tem fé e isso vasta. Irmãos,o amor é palavra chave para a evangelização .JESUS É TUDO PARA NÓS. ELE AMA NOSSA IGREJA TEMOS QUE FASER AJUSTES MAS SEMPRE COM UM CORAÇÃO E UMA SÓ ALMA.VAMOS FASER VONTADE DO SENHOR TER FORÇA, E DEIXAR DE SER MEDRICAS ,CADA UM FASER SEU MELHOR ACREDITAR NO AMOR DE JESUS E MARIA.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s