Início > Editorial > DIA DA IGREJA DIOCESANA

DIA DA IGREJA DIOCESANA

Hoje, neste Dia da Santíssima Trindade, a nossa Diocese celebra o seu DIA. Nós fomos batizados em nome da Santíssima Trindade, em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo – Comunidade de Vida e de Amor, para nos tornarmos assim como Deus. Assim nasce a Igreja para nos tornarmos parecidos com Deus. A nossa Diocese é assim gerada em Deus, com Ele e n’Ele. Por isso, a nossa Diocese é a Família, onde circula o Amor de Deus. Os Sacramentos e os Ministérios são os meios de que Deus se serve para alimentar e fazer crescer esta Família dos batizados.

Começamos a celebrar festivamente este Dia da Igreja Diocesana há 31 anos. Embora a nossa Diocese de Lisboa tenha nascido há mais de 1.700 anos.

Então o que é este Dia? O Cardeal Patriarca António Ribeiro ao criar esta comemoração escreveu: “É uma iniciativa de grande alcance que visa aprofundar a nossa consciência e o nosso sentido eclesial. Só na Diocese e pela Diocese, somos Igreja de Jesus Cristo. A Diocese é ponto necessário de convergência de todas as comunidades menores nela existentes e o elo indispensável de comunhão com a Igreja universal.”

 E o que é uma Diocese? O Concílio Vaticano II definiu-a assim: – “é uma parte do povo de Deus confiada aos cuidados pastorais de um Bispo, para que ele com a ajuda do seu presbitério seja o seu pastor. Assim a Diocese ligada ao seu Pastor e por ele congregada pelo Espírito Santo, graças ao Evangelho e à Eucaristia, constitui uma igreja local, na qual está verdadeiramente presente e operante a Igreja de Cristo, una, santa, católica e Apostólica” (C.D.11)

Esta ação da Igreja Diocesana procura reunir em torno do seu Bispo a Igreja de Lisboa numa expressão de comunhão e de unidade, com o objetivo de a sensibilizar para a Corresponsabilidade na Missão de Ensinar, própria do Bispo Diocesano. Eis porque a parte da manhã deste Dia da Igreja Diocesana é dedicada a estas temáticas: “Ministério do Bispo na Igreja Local”; “Leitura e Interpretação da Sagrada Escritura”; “A Palavra de Deus na Liturgia”; “Palavra de Deus e Nova-Evangelização”; “Palavra de Deus na Educação da Fé”; “Leitura Orante da Palavra”;

“Palavra de Deus e Vocação”; e “A Palavra de Deus nas Redes Sociais da Internet”.

Este ano tem a particularidade de comemorar os “50 anos ao Serviço da Palavra” do nosso Bispo D. José Policarpo que celebra 50 anos da sua ordenação sacerdotal.

A ele o saudamos… Por ele rezamos… Com ele damos graças a Deus!

P. Batalha

Anúncios
  1. EDNA MARIA ALVES DA SILVA
    Julho 30, 2011 às 02:05

    sou liturgica escalabriniana.minha comunidade irá trabalhar como igreja diocesana apartir de janeiro,e neste caso gostaria de saber a diferença para minha melhor adaptação.ednamaria1@bol.com.br.

  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s