Início > Editorial > QUEM É JESUS CRISTO?

QUEM É JESUS CRISTO?

Um dia Jesus convidou os seus discípulos a subir ao monte consigo, porque andavam cheios de interrogações. Também nos convida agora a subir à Escola Paroquial para responder às nossas perguntas. Na abertura da Escola Paroquial o P. Batalha apresentou-nos o objetivo geral do 4º ano: “Qual o sentido da vida?” e o seu Hino: “Senhor, quanta alegria é encontrar-te...”

Reconhecemos as mesmas perguntas em tantos homens e mulheres do nosso tempo mergulhado numa situação de inquietação difusa que não nos é possível ignorar. É uma inquietação que percebemos também em nós próprios e que se exprime na questão presente no coração de muitos: Deus, quem és Tu para mim?  E eu, o que sou para Ti ? Que sentido tem a vida ? Jesus será para nós resposta às nossas perguntas ?

Um dia é o próprio Jesus que pergunta aos seus discípulos: O que é que o povo diz por aí a meu respeito? Naquele tempo as opiniões apontavam: João Batista ou Elias ou algum dos profetas. E hoje o que diz o povo? Alguns dizem que é um milagreiro, outros dizem que criou o mundo, que foi um grande filósofo, um grande revolucionário…

Meditemos nas perguntas: “Quem é Jesus para mim? Quem sou eu para Jesus ?

Nesta primeira sessão da Escola Paroquial, foi o P. Rui de Jesus quem nos ajudou, dizendo:

A grande novidade de Jesus foi, e é, Ele trazer-nos Deus. Nós conhecemos Deus por Jesus. Ele é o Deus connosco, o Emanuel. O grande desejo de Jesus é mostrar Deus e a sua obediência à vontade do Pai. Por isso Ele dizia:

O meu alimento é fazer a vontade d’Aquele que me enviou… porque não estou só, mas Eu e o Pai que me enviou”. E na terrível noite da agonia, Ele reza assim: “Pai, se é possível, afaste-se de mim este cálice. No entanto, não seja como Eu quero, mas como Tu queres

Só em Jesus é que ficamos a saber que Deus é Trindade e Comunhão de três pessoas. E quando um dia lhe perguntaram: “Onde está o teu Pai?”. Ele respondeu: “Não me conheceis a mim, nem ao meu Pai. Se me conhecêsseis, conheceríeis também o meu Pai”. Noutro dia o apóstolo Filipe pediu-lhe: “Senhor mostra-nos o Pai!”, a que Ele respondeu: “Quem me vê a mim vê o Pai”. Aliás tudo o que fez foi para mostrar o Pai, o seu amor ao Pai e o Amor que o Pai nos tem. Ele mostrava a sua comunhão com o Pai. E os Evangelhos sublinham isso falando das muitas vezes que Jesus se retirava para falar, para rezar ao Pai; e ao ensinar-nos a orar propõe-nos estas palavras: “Pai nosso que estais no Céu…venha a nós o vosso Reino”. De Jesus falou o Pai no dia em que se apresentou a João Batista para ser batizado: “Este é o meu Filho muito amado, no qual pus todo o meu encanto”. A partir daqui as multidões acorriam e maravilhavam-se com o seu ensinamento, porque ensinava como quem tem autoridade. Passou fazendo o bem, curando muitos doentes. “Faz tudo bem feito: faz ouvir os surdos e falar os mudos… Quem é este, a quem até o vento e o mar lhe obedecem!?”. Foi, sem dúvida, o seu testemunho de amor e obediência que teriam levado, no Calvário, o centurião junto do crucificado a proclamar: “Verdadeiramente este homem era o Filho de Deus”. E depois quem O procurava sepultado recebeu esta resposta: “Buscais a Jesus de Nazaré, o crucificado ? Ressuscitou; não está aqui!”.

Sim, Ele está vivo, hoje, na Sua Igreja. Acreditas nisto ?! Jesus é para mim apenas um mestre de vida ou é o meu Senhor, o Salvador da minha existência? A minha relação com ele  é a medida real da minha existência, unifica o meu coração e é o guia dos meus desejos?

P. Batalha

 

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s