Início > Editorial > NOVOS DESAFIOS

NOVOS DESAFIOS

Pastor e profeta passou fazendo novos desafios.

Eis o que foi a Visita do Santo Padre Bento XVI, como Peregrino de Fátima.

Na próxima quinta-feira, em Festa do Corpo de Deus, alguns dos nossos jovens mais novos vão celebrar os Sacramentos da Iniciação Cristã: Baptismo, Crisma e Eucaristia.

Baptizar-se, crismar-se e fazer a Primeira Eucaristia (ou Primeira Comunhão) são os sinais que identificam e marcam para sempre o verdadeiro cristão.

É assumir o seu lugar na Igreja de pleno direito, assumindo a sua razão de ser cristão.

Porquê tantas pessoas baptizadas têm o seu baptismo atrofiado? Entraram na Igreja pelo Baptismo e logo a seguir ficaram a viver fora dela?

Daí a necessidade de uma Catequese querida e amada.

A nossa Catequese paroquial vai tornar-se toda ela mais dinâmica, a partir do Crisma recebido mais cedo. Estamos a perspectivá-la em Pastoral Juvenil com a dinâmica de Grupos, em que os jovens queiram ser cristãos, numa formação querida e amada.

Nesta Festa do Corpo de Deus, em Ribamar, é instituído um Grupo Juvenil que faz nascer o MEJ/Movimento Eucarístico Juvenil. Em perspectiva está para nascer a ACN/Acção Católica dos mais Novos e porventura a Juventude Mariana Vicentina.

Não esqueçamos as mensagens ou desafios que o Papa Bento XVI nos deixou, dizendo que é preciso conhecer e compreender os diversos factores sociais e culturais, avaliar as carências espirituais e programar eficazmente os recursos pastorais. Reconhece que não faltam crentes envergonhados, diante dos quais a Igreja portuguesa precisa de oferecer a todos os fiéis uma iniciação cristã, exigente e atractiva, comunicadora da integridade da Fé e da espiritualidade radicada no Evangelho, formadora de agentes livres no meio da vida pública.

Perante o incentivo que o Papa nos deixou, há muito trabalho a fazer. Não queremos ser daqueles que cruzam os braços a ver de fora quem se mexe.

Todos nós temos momentos marcantes na nossa vida que a podem modificar. Também na Igreja há acontecimentos que podem mudar a nossa vida. Na Igreja falamos dos dons do Espírito Santo e de como Ele pode influenciar e melhorar as nossas vidas. Mas será que entendemos exactamente o valor da acção do Espírito Santo em nós ?

É Ele que nos faz viver na unidade, na verdade, na fraternidade e na comunidade; nos envia a construir um mundo melhor, mais humano e mais fraterno, um mundo sem ódio e sem guerras, sem sofrimentos e sem injustiças.

Com Ele mãos à obra !

P. Batalha

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s