Início > Editorial > IMAGEM PEREGRINA DE CRISTO SACERDOTE

IMAGEM PEREGRINA DE CRISTO SACERDOTE

Em toda a Diocese, anda a percorrer as Paróquias uma Imagem Peregrina de CRISTO SACERDOTE, porque a Igreja celebra o Ano Sacerdotal, comemorando o 150º aniversário da morte de S. João Maria Vianney, o Santo Cura d’Ars, padroeiro dos Sacerdotes.

A imagem de Cristo Sacerdote, que vamos receber, apresenta-nos Jesus Ressuscitado que aparece no meio dos discípulos e lhes diz: a paz esteja convosco!

Está revestido de uma túnica branca e cingido com um cinto de ouro, como é descrito na visão inicial do livro do Apocalipse (1, 12-16). A fivela em forma de oito significa a vida eterna, e lembra-nos que, ressuscitado de entre os mortos, Ele vive e é Sacerdote para sempre. A coroa que traz na cabeça simboliza a sua realeza. O seu rosto tanto é majestoso como repassado de mansidão e de humildade. As suas mãos estão vazias e marcadas pelas chagas dos cravos. Com a esquerda indica-nos o seu coração cheio de amor, e abençoa-nos com a direita. A sua presença é afirmativa, mas não se impõe. O seu sacerdócio é filial: está em nome do Pai, submisso ao Pai e cheio do Espírito Santo que deseja comunicar-nos, e parece dizer-nos: vinde a Mim, e Eu vos levarei ao Pai porque ninguém vai ao Pai senão por Mim! Vinde e

aprendei de Mim que sou manso e humilde de coração! Aceitai comigo a vossa cruz e aprendei a oferecer ao Pai as vossas vidas! Jesus diz-nos ainda: todo o discípulo bem formado será como o seu Mestre (cf. Lc 6, 40). Para que sejamos esses discípulos bem formados exerçamos na nossa vida o seu sacerdócio. Cultivemos a comunhão com Ele e tornemo-nos membros vivos do seu Corpo que é a Igreja.

O Papa Bento XVI propôs a celebração do Ano Sacerdotal, com o tema “Fidelidade de Cristo, Fidelidade do Sacerdote”. É preciso que cada cristão perceba e reconheça a importância do papel e da missão do sacerdote na Igreja de Cristo e na sociedade contemporânea.

Os sacerdotes são importantes não só pelo que fazem, mas também pelo que são, testemunhas e portadores da Boa Nova; investem toda a sua vida na realização da sua vocação e na missão para a qual foram chamados e consagrados. “Vive o mistério que é posto nas tuas mãos. Este mistério é Cristo, Pastor e porta das ovelhas”.

Acabei de chegar, como sabem, duma semana de Retiro, em Fátima, com mais 50 sacerdotes, orientado pelo actual Bispo de Aveiro D. António dos Santos que nos ajudou exactamente a meditar e a rever a nossa vocação e missão, no nosso ministério sacerdotal, com esta mira: fidelidade do sacerdote aprendida na fidelidade de Cristo.

Mas também o nosso Patriarca , na sua 1ª Catequese Quaresmal, nos lembra que “O desafio deste Ano Sacerdotal não envolve apenas os sacerdotes, aqueles a quem chamamos padres; interpela-nos a todos como membros do Povo de Deus, todos os domingos convocados para celebrar a Eucaristia, com Jesus Cristo e como Ele a celebra, prestando ao Pai o louvor que Ele merece e onde se realiza a nossa redenção. Esse sacrifício de louvor é oferecido por um sacerdote, na pessoa de Cristo o único Sacerdote; mas é oferecido por todos nós que, pelo baptismo, nos unimos a Cristo. Na Eucaristia, torna-se claro que a Igreja, presidida por Cristo Sacerdote, é toda ela um Povo sacerdotal, porque faz um com Cristo, é o “corpo de Cristo”. Então, vamos todos acolher a Visita da Imagem de Cristo Sacerdote como uma oportunidade especial para tomarmos consciência e saborearmos a preciosidade que é o sacerdócio na Igreja que somos.

P. Batalha

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s