Início > Editorial > O CAMINHO DA QUARESMA

O CAMINHO DA QUARESMA

Deus, na Sua Igreja, conduz o seu povo “ao deserto para lhe falar ao coração” (Os.2,16). Ele cuida da Sua Igreja, fazendo uma cura de rejuvenescimento, com uma terapia espiritual de purificação, renovação e santificação. A Quaresma é o tempo favorável para pôr a vida em ordem, saindo da mediocridade, respondendo ao chamamento de Deus.

Na passada 4ª feira de cinzas fomos muitos os que nos congregámos para dar início à Quaresma, pelo apelativo simbolismo das cinzas: apelo a trilhar o caminho da conversão que iremos escutando ao longo da Quaresma, tomando consciência do nosso pecado, dando valor à misericórdia de Deus e manifestando-lhe a nossa gratidão.

A Quaresma é o tempo favorável, como nos diz S.Paulo: “Nós vos pedimos em nome de Cristo: reconciliai-vos com Deus”.

A Quaresma é um tempo para nos centrarmos no essencial da Vida cristã. Embora preocupados com as necessidades humanas vitais, temos de saber pôr Jesus Cristo no centro da nossa vida. De Domingo em Domingo, ponhamos o nosso olhar em Jesus e descobriremos que este êxodo, esta saída ao deserto é um caminho de conversão sob um olhar de um Deus paciente (3ºDomingo), cheio de misericórdia (4ºdom.), sempre pronto a relançar-nos no caminho (5º). Quaresma é tempo de esforço de nos identificarmos com o Evangelho do Senhor. Aquele que já conhecemos e amamos, fazendo-o mais vida da nossa vida.

A Quaresma, por isso, é tempo de um maior contacto com a Sagrada Escritura. A Palavra de Deus que nos é proclamada na assembleia, é para ser acolhida por cada um pessoalmente e também lida individualmente.

A quaresma é também tempo para nos abeirarmos das fontes da graça que são os sacramentos da penitência ou perdão e a Eucaristia. Deus vem em teu auxílio. Como pecadores perdoados devemos acolher todas as oportunidades em que Deus nos oferece a Sua misericórdia.

Quaresma é tempo de luta contra o mal que há em nós e o que vemos ao nosso redor.

Quaresma é tempo de solidariedade e de compromisso com os necessitados, para lhes darmos não só o que nos sobra ou do que nos abstemos, mas também darmo-nos.

Quaresma é tempo de fazer da nossa austeridade a nossa mais profunda liberdade perante os pequenos prazeres ou distracções de que nos servimos, mas também nos podem escravizar. Penitência, Oração, Partilha, preparando a Páscoa do Senhor.

Quaresma é um tempo meditativo. Há que travar a marcha da vida e reservar um tempo para meditar a Palavra de Deus. Marquemos a hora e o dia, de preferência todos os dias. Se tens filhos na Catequese, eles levam-te esta semana uma proposta para desligares a televisão durante a refeição do jantar para poderdes conversar e com eles meditar na Palavra. Colaborai para serdes uma “Família a caminho da Vida”.

P. Batalha

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s