Início > Editorial > É NATAL !

É NATAL !

Cristo nasceu em Belém e quer nascer no teu coração também !

Irmãos e amigos a graça de Deus que se fez Menino esteja convosco!

 Eu amo-vos a todos em Cristo Jesus ! Saúdo-vos a todos cordialmente !

Partilho convosco a alegria deste grande acontecimento: “O povo viu uma grande luz; a Palavra fez-se Homem… Um Menino nasceu para nós, um Filho nos foi dado!…!”.

Ele é o rei que traz a paz e a Salvação. O nosso coração humano é a porta por onde Ele quer entrar; porque entretanto Ele veio para o que era seu e muitos dos seus não O receberam. Não O querem receber. Apesar de tudo isso, vem. Porque Ele sabe que há quem O queira receber.   

Natal é sempre o encontro do Homem com Deus.

Neste dia contemplamos o “Presépio” nas nossas casas, nas nossas igrejas, nas nossas ruas, nas nossas paróquias e no mundo inteiro, reconstruindo o clima e o ambiente em que nasceu o Salvador. É a gruta com a manjedoura. Para chegarem à Sagrada Família, vemos pastores na noite do nascimento de Jesus e, mais tarde, será a vez de os Magos chegarem do Oriente distante, seguindo a estrela até ao lugar onde foi colocado o Redentor do Universo.

Nestes dias paramos para ver o Menino deitado nas palhinhas. Olhamos para sua Mãe e para S. José, guardião do Redentor, com quem o Menino, em Nazaré, iria crescer em sabedoria e em graça diante de Deus e dos homens, ganhando a vida com o suor do seu rosto. Contemplamos a Sagrada Família que nos confronta com as nossas famílias atribuladas com tantos problemas: divórcios, separações, e, agora, feridas com a aprovação de casamentos de homossexuais. Neste Natal, sentimos o apelo a defender e a reafirmar o direito da família, enquanto instituição fundada no casamento entre um homem e uma mulher, a ver reconhecida a sua identidade única e inconfundível com outras formas de convivência humana. Da Carta do Cardeal Patriarca: “Está em questão uma alteração grave da compreensão antropológica do casamento, da sua dimensão institucional baseada num acordo celebrado entre um homem e uma mulher, constituindo, assim, uma família, célula base da sociedade. Esta concepção … radica num elemento basilar da verdade da natureza.”.

Com Maria e José aprendamos a meditar tudo em nossos corações à Luz da Palavra de Deus, mais agora após a “Visitação da Palavra Peregrina

Descobrindo a riqueza, a beleza e o encanto do Natal, este alegre e fortaleça os nossos corações.

Queridos mais novos segui a estrela de Belém!… e vós mais jovens aprendei com Jesus a dialogar com os pais e os catequistas.

E a vós pais e adultos, reacendei na vossa família o dom da Fé que está em vós. Comunicai-a, superando o clima generalizado de desalento e de medo que pesa fortemente sobre a família e sobre a sua missão educativa da transmissão dos valores e, em especial, da Fé.

Imploro sobre vós e as vossas famílias as bênçãos de Deus para que vos confirme na alegria, no amor e na paz. Ámen ! Aleluia !

P. Batalha

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s