Início > Editorial > CONHECER A PALAVRA

CONHECER A PALAVRA

lectio-divinaEste é o objectivo pastoral do novo ano de actividade proposto pelo nosso Bispo, Patriarca de Lisboa, D. José Policarpo: Ir ao encontro de Cristo – rosto da Palavra.

Qual é o conhecimento que interessa ? Certamente, os estudos que ajudam a compreender melhor os textos sagrados, situando o leitor no tempo e no lugar a que se refere o texto e assim se mostrar como Deus foi agindo, com sabedoria e pedagogia, para dar a conhecer o seu plano de Salvação.

Porém, importa mais aquele conhecimento que resulta do convívio diário com a Palavra, meditando-a e deixando-se questionar por Ela. Quando assim acontece a Palavra de Deus torna-se Palavra viva, encontro pessoal com Deus, diálogo com Ele. Este conhecimento deve acontecer em Igreja, por isso aberto à informação adquirida pelo estudo da Bíblia, em Igreja. Daí a importância de ver as notas explicativas no rodapé da Bíblia e em livros para não andarmos ao sabor de opiniões, especulações e manipulações de que a Bíblia é alvo, actualmente, em programas de televisão, em romances e filmes sem categoria…

Se Jesus é a única Palavra de Deus, enquanto revelação do rosto do Pai, enquanto Caminho, Verdade e Vida, é no encontro com Ele que o homem é iluminado. No dia a dia, somos bombardeados por palavras ocas, que nos tentam seduzir e que, mais tarde, nos deixam abandonados à insatisfação, ao vazio e, por vezes, ao desespero. A Palavra de Deus não é como estas palavras barulhentas; é no encontro, no diálogo, na escuta e no silêncio que Deus se revela e manifesta o seu amor. O silêncio da escuta como o daquela mulher, Maria, irmã de Marta, sentada aos pés de Jesus (Lc. 10, 39). Só a atitude de silêncio permite ouvir Deus.

Será grande ousadia descobrires o lugar da Palavra na tua vida? Entendes o porquê de recomendarmos na Catequese “O Cantinho da Bíblia” ?

São Tiago diz-nos: “Recebei com mansidão a Palavra em vós semeada, a qual pode salvar as vossas almas. Mas tendes de a pôr em prática e não apenas ouvi-la, enganando-vos a vós mesmos. Porque quem se contenta com ouvir a palavra sem a pôr em prática, assemelha-se a alguém que contempla a sua fisionomia num espelho; mal acaba de se contemplar, sai dali e esquece-se como era. Aquele que medita com atenção e nela persevera – não como quem ouve e logo se esquece, mas como quem a cumpre –esse encontrará a felicidade ao pô-la em prática” (Tg.1, 21-25).

O Concílio exorta com veemência e insistência todos os cristãos, a que aprendam “a conhecer Jesus Cristo” com a leitura frequente da Bíblia. “Porque desconhecer as Divinas Escrituras é desconhecer Jesus Cristo” (S.Jerónimo).

A Igreja vive da Palavra. Do livro do Dt. 11, 18-19: Diz o Senhor – “Gravai as minhas Palavras no vosso coração e no vosso espírito…Ensinai-as aos vossos filhos, repetindo-as, quando estiverdes em casa e quando fordes de viagem, ao deitar e ao levantar”.

P. Batalha

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s