Início > Não classificado > SEMANA SANTA / PÁSCOA

SEMANA SANTA / PÁSCOA

Semana Santa porque nela Celebramos os mais santos mistérios da nossa Salvação. Culmina com o Domingo de Páscoa da Ressurreição.

Estamos a entrar na nossa Semana Maior porque nela celebramos o maior mistério cristão.

A semana da Passagem: quando Jesus, o Senhor, passa deste mundo para o Pai, pelo caminho da Cruz. Nós, com Ele, passamos da morte…à Vida.


A Páscoa é a Festa cristã. E é a Festa de todos: porque a todos nos torna felizes a grande notícia de que todos fomos salvos por Jesus.


Corria a notícia de que Jesus tinha chegado a Betânia. Muitos acorreram lá. Uns por simpatia, mas muitos por curiosidade pois, Lázaro que Jesus ressuscitara, era o assunto dominante das conversas. Assim, a ida de Jesus a Jerusalém para celebrar a Páscoa transformou-se numa solene procissão. Jovens e crianças, agitando palmas e ramos de oliveira, aclamavam Jesus dizendo: «Hossana! Tu és o maior! Bendito o que vem em nome do Senhor

Jesus até anuiu a esta manifestação popular. Era a última vez que entrava em Jerusalém. Deu assim o exemplo de generosidade e de valentia. Estava a poucos dias da sua morte na cruz, para a qual se encaminha aberta e decididamente.


Acompanhemo-l’O também nós; nesta Semana, estendamos os ramos da nossa humildade, despojando-nos do orgulho e de agressividade, oferecendo os nossos bons propósitos.

Entremos na Semana da Páscoa, palmilhando-a até Domingo da Ressurreição.

Estejamos, onde estivermos nestes dias, não esqueçamos o Evangelho, leiamo-lo e rezemo-lo, a sós ou em família. Pensemos, sobretudo, que pela Páscoa (Quinta-feira Santa, noite de Sábado e Domingo) a Mesa da Eucaristia está preparada e espera-nos: Somos os convidados da Festa.

Não voltemos as costas ao Senhor.


Voltando ainda à cena daquela manifestação triunfal, Jesus até aceita a manifestação mas Ele vê-a com outros olhos. Agora, estendem-lhe os mantos e erguem aplausos, mas vai chegar a hora em que lhe arrancarão a túnica e sobre ela lançarão sortes.

Porquê?! Porque Ele sabia que as suas palavras foram sempre objecto de contestação, porque a sua conduta de rectidão e de verdade era já uma denúncia da hipocrisia dos judeus. Segundo Ele, a felicidade está na pobreza; o maior deve fazer-se o servo de todos, os últimos serão os primeiros, o “servo de Deus”, humilhado e escarnecido, foi “louvado” no meio da assembleia …glorificado e reverenciado por “todos os filhos de Israel”.


A loucura da cruz fez-se sabedoria de Deus; só no sofrimento há motivo para a glória; é nas fraquezas que nos sentimos fortes; Jesus Cristo aniquilou-Se a si mesmo, por isso Deus O exaltou, ressuscitando-O para glória de Deus Pai e para nossa Salvação.


P. Batalha
(in FAROL – Paróquias de Ribamar e de Santa Bárbara)

Anúncios
  1. Ainda sem comentários.
  1. No trackbacks yet.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s